Bruxismo: o que é? Entenda agora mesmo

Bruxismo-ipatinga-tratamento-para-bruxismo-o-que-e-causas-consequencias-tratamento-para-bruxismo

Infelizmente o número de pessoas com o Bruxismo tem aumentado bastante, principalmente, devido à pandemia do Covid-19. O ato de ranger ou apertar os dentes provavelmente está associado ao Bruxismo, que traz alguns sintomas que, muitas das vezes, são silenciosos e acabam atrapalhando a saúde bucal, ou seja, vai além de afetar apenas a estética dos dentes. 

Muitos perguntam qual a causa do bruxismo, até então não existe uma causa para o Bruxismo, mas de acordo com alguns estudos, o estresse e a ansiedade podem ser um dos fatores que levam as pessoas a desenvolverem esse distúrbio. A seguir, vamos entender melhor o que é, quais os tipos, como identificar se você tem e como se proteger do Bruxismo.  

Bruxismo-ipatinga-tratamento-para-bruxismo-o-que-e-causas-consequencias-tratamento-para-bruxismo

 O que é o Bruxismo?

Provavelmente, se você chegou até aqui é porque você deve ter percebido que anda apertando ou rangendo os dentes,  ou conhece alguma pessoa que está fazendo isso, certo? Esses são os principais sinais do Bruxismo que é caracterizado como uma atividade repetitiva da mandíbula podendo levar a quebra e até mesmo a perda dos dentes.

Bem, esse problema tem se tornado cada vez mais comum afetando pessoas de todas as idades e, normalmente, ocorre durante o sono, chamado de Bruxismo noturno. Porém, algumas pessoas têm esse mesmo hábito durante o dia, sendo conhecido como Bruxismo em Vigília ou Bruxismo Diurno. Mesmo assim, ambos podem gerar malefícios à saúde bucal quando não são tratados corretamente. Geralmente, quem tem Bruxismo em vigília costuma sentir dores de cabeça ao fim do dia, e quem tem o Bruxismo noturno, sente dores logo pela manhã e ao longo do dia a dor vai passando.

Então, basicamente o Bruxismo é o ato de apertar ou ranger os dentes. Os nossos dentes foram feitos para serem encostados somente na mastigação. 

Então se você está fazendo isso fora deste momento, provavelmente você está com Bruxismo. E se você está com os dentes encostados neste momento, aproveite para desencostar!

 

Os sinais e os sintomas do Bruxismo. 

Para alguns, esse hábito acontece silenciosamente até começarem a sentir alguns sintomas ou até que o seu dentista comente. ou se alguém próximo ou o seu dentista comente pois, geralmente, a própria pessoa não percebe que, além de tudo, o ranger dos dentes também pode gerar um som desconfortável enquanto está dormindo.

Principais sinais do Bruxismo:

1 – Desgastes dos dentes, dentes ficam com aparência de ser menor ;

2- Quebra frequente de restaurações e peças;

3- Quebra que se dá perto da gengiva, chamada de abfração);

4 – Gengiva afastando do dente, expondo mais a raiz do dente, conhecida como retração gengival.

5 – Formação uma linha branca na parte de dentro das bochechas.

 

Já os sintomas do hábito de apertar ou ranger os dentes são mais perceptíveis no dia a dia causando um desconforto maior, sendo eles:

1 – Dores de cabeça frequente ao acordar (se for Bruxismo noturno) ou ao final do dia (se for Bruxismo em vigília);

2 – Dores ou cansaço nos músculos usados na mastigação;

3 – Sensibilidade nos dentes.

 

Problemas causados pelo distúrbio do Bruxismo.

Certamente, além dos problemas citados acima, o Bruxismo pode levar a perda óssea até a perda do(s) dente(s). Aqui na Clínica AMA já tivemos casos de pacientes que chegaram com a perda de dente e a maioria não sabia que o motivo estava relacionado ao Bruxismo. Por isso, é importante se atentar e sempre procurar identificar se há possibilidade de ter esse problema. 

No entanto, não há uma causa comprovada para o Bruxismo, mas um dos fatores atualmente bastante conhecido que tem ocasionado isso nas pessoas é a pandemia do Covid-19, que gerou muito estresse e ansiedade

Sabemos que os problemas emocionais podem surgir de diversas formas, e um deles pode estar relacionado à tensão em apertar os dentes ou ranger, como uma forma de aliviar o estresse ou a ansiedade. A revista Isto É, publicou um artigo mostrando que, na pandemia, aumentou o número de pessoas com Bruxismo e a disfunção temporomandibular (DTM).

O cirurgião-dentista João Paulo Taganeli, relata que houve um acréscimo de últimos tempos com o fato de ranger e apertar os dentes. “Com o aumento dos transtornos mentais, o consumo de antidepressivos também cresceu, o que pioraria o Bruxismo. Esse quadro pode ser um efeito colateral do medicamento”, completa.

Conhecida como ATM (Articulação Temporomandibular), é a articulação que faz o movimento da mandíbula abrir e fechar a boca. No entanto, o Bruxismo é uma das consequências que pode provocar a DTM (Disfunção da Articulação Temporomandibular), que é um problema causado justamente na articulação da mandíbula provocando sintomas, como dor de cabeça, zumbido e dificuldades em abrir e fechar a boca por causa da tensão do músculo travado. 

Qual o tratamento para Bruxismo?

Se policiar já é uma boa forma de se proteger! Para o Bruxismo em vigília, é recomendado que o próprio paciente tente perceber qual a atividade que tende a apertar os dentes e quando perceber, tentar treinar a mente toda vez que for realizar atividade, ou seja, não apertar os dentes. Desta forma, a nossa mente vai sendo treinada  para  não apertar os dentes. Essa técnica é conhecida como treinamento neuromotor. 

Porém, com o Bruxismo Noturno é praticamente impossível ficar atento em não praticar o hábito enquanto dorme. Sempre aconselhamos o uso da placa para Bruxismo Noturno, também conhecido como placa de bruxismo, ou placa miorrelaxante. 

Como é a placa de Bruxismo?

Muitos perguntam se podem usar a placa de clareamento dental para tratar o Bruxismo, porém, a placa de Bruxismo é um acessório completamente diferente da placa de clareamento.

Para tratar esse distúrbio, a placa é feita de acrílico no tamanho ideal para cada mordida, sendo um pouco grossa na parte da frente para deixar todos os dentes nivelados, é completamente lisa para ajudar no deslizamento e é menos dura que o dente, justamente para ficar desgastada com o tempo e não desgastar os dentes. Por isso não é indicado o uso de outras placas como a de clareamento dental

Há um tratamento auxiliar para o bruxismo com uso da toxina botulínica, em alguns casos. Esse famoso tratamento que é usado para tratar rugas em testas, também pode ser aplicado para relaxar os músculos responsáveis pelo ranger dos dentes, que geralmente ficam tensionados, provocando desconforto.  

Perguntas frequentes sobre Bruxismo

A seguir, com ajuda do Dr. Marcos, selecionamos algumas perguntas frequentes que recebemos dos nossos pacientes aqui na Clínica.

Posso usar minha plaquinha de clareamento para tratamento de bruxismo?

Não, a placa de bruxismo é bem diferente da placa de clareamento.

 

Acho que tenho bruxismo, quando devo procurar o dentista?

O mais breve possível, quanto antes melhor começar o tratamento menores são as consequências.

 

Minhas restaurações estão sempre caindo. O bruxismo pode ser a causa para o problema?

Sim. Fraturas e deslocamentos de restauração dentária em resina, amálgama ou cerâmicas são caraterísticas do contato traumático e excessivo próprios dos pacientes bruxômanos.

 

Já estou usando a placa e não consigo usá-la, está me incomodando bastante, o que devo fazer?

Procure o seu dentista, é bem provável que esteja na hora de realizar um ajuste na Placa, a placa deve ser confortável para que o uso seja possível.

 

Depois que finalizei minha placa, quando devo voltar ao dentista?

É importante voltar para uma revisão da placa pelo menos de 06 em 06 meses ou em casos de desconforto ao tentar utilizá-la.

 

Quanto tempo dura uma placa de bruxismo?

Em média, 02 anos, mas uma placa de bruxismo pode durar até 05 anos, mas para isso é importante fazer uma boa manutenção da mesma, ir sempre ao retorno e manter longe dos animais domésticos!

 

Quanto custa a placa para o Bruxismo? 

Bem, cada caso é um caso e para que você saiba o valor que ficaria o tratamento, é necessário agendar uma consulta com o dentista para fazer uma avaliação. Se você procura por uma Clínica Odontológica em Ipatinga, basta clicar no botão abaixo para falar com nossa equipe.

Agora que você já sabe bastante sobre o Bruxismo e tem as informações completas, manter somente o prognóstico feito em casa não é o suficiente. É necessário cuidar bem dos seus dentes e manter a saúde deles.

Não se esqueça que o acompanhamento periódico do profissional é um ponto crucial para o tratamento deste distúrbio e não deve ser menosprezado. Para saber mais, confira o guia completo de tudo o que você precisa saber sobre o Bruxismo.  

Um pensamento sobre “Bruxismo: o que é? Entenda agora mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *